ducat03

No meio da Segunda Guerra Mundial um designer chamado Aldo FARINELLI desenvolveu o protótipo de um motor auxiliar a ser montado em uma bicicleta.

O desenho de Farinelli  tinha uma série de vantagens sobre a concorrência, acima de todas seu ciclo de quatro tempos  e duas velocidades de engrenagens.

Ducati, que até esse momento tinha produzido rádios e componentes elétricos, desenvolve uma parceria com a empresa italiana, SIATA, para produzir o Cucciolo, ou “Puppy”, uma bicicleta motorizada (motor powered bicycle) com o motor de Farinelli.

Em 1946, os direitos de produção do  Cucciolo  já tinham-se tornado exclusivamente da Ducati, e durante os dois anos, a partir de 1947 a 1948, a produção foi da ordem de 240 peças por dia.

Essas e outras  histórias estão por trás deste motociclo interessante, por isso, é conhecido como a notável pequena máquina.

Mais recentemente Mark Savory e Bill Johnson dois apaixonados por essas histórias e pelo mundo da moto velocidade, decidiram  criar uma moderna interpretação do Cucciolo.

Utilizaram um modelo de 48cc de potência,  a moldura de uma Schwinn que foi reconstruída para incorporar um tanque de gasolina e equipado com novos aros que receberam pneus especiais.

O resultado é delicioso, é um projeto incomum, com muitos detalhes e com todo charme de um original Ducati.

ducat01ducat04ducat05ducat02ducat06ducat07ducat09ducat08ducat010

Categorias: Design

Adirson Allen

evangelista de tecnologia, designer de tendências e cool hunter