videoparis

Vale ver ou rever ” Rendezvous in Paris”.

“Amanhecer de um dia de agosto de 1978.
Período onde não tem quase ninguém nas ruas da cidade.
São as férias de verão.
O cineasta francês Claude Lelouch aproveita o momento lúdico, quase
fantasma, para colocar uma filmadora dentro de um giro estabilizador no
pará-choque de uma Ferrari 275 GTB. O carro era de um amigo dele, um
piloto profissional da Fórmula 1. Até hoje ninguém sabe o nome do
motorista. Lelouch protegeu o amigo. A façanha era proibida e ainda é.
O trajeto começou em Porte Dauphine, passou pelo Louvre e terminou na Sacre Coeur.
Nenhuma rua foi fechada. Tudo ao vivo. Tráfego normal de uma manhã de verão.
O piloto completou o percurso em 9 min e em alguns momentos chegou a 140
MPH ( cerca de 250 quilômetros por hora) . Ele passou sinal vermelho,
quase atropelou um pedestre e chegou a andar na contramão. Quando o
filme foi apresentado em público pela primeira vez o diretor foi preso.
A produção virou underground.
O encontro é fantástico. Curte até o
final. Você vai amar o desfecho. Não tente fazer igual. É uma
contravenção gravíssima que deu vida a um belíssimo filme.”

.

.
por Ana Clara Garmenda, Paris

Categorias: Art

Adirson Allen

evangelista de tecnologia, designer de tendências e cool hunter