bauha01

 

“A arquitetura é a meta de toda a atividade criadora. Completá-la e embelezá-la foi, antigamente, a principal tarefa das artes plásticas… Não há diferença fundamental entre o artesão e o artista… Mas todo artista deve necessariamente possuir competência técnica. Aí reside sua verdadeira fonte de inspiração criadora…
Formaremos uma escola sem separação de gêneros que criam barreiras entre o artesão e o artista. Conceberemos uma arquitetura nova, a arquitetura do futuro, em que a pintura, a escultura e a arquitetura formarão um só conjunto.”

 

Tais palavras, que constam do primeiro manifesto da Bauhaus, redigido em 1919 por Walter Gropius, definem as idéias básicas dessa escola de arte e do movimento desencadeado por ela na Alemanha, entre 1919 e 1933. A Bauhaus congregou importantes criadores de vanguarda, que fixaram algumas diretrizes estéticas que iriam prevalecer em todo o mundo durante o século XX.

Staatliches Bauhaus (literalmente, casa estatal de construção, mais conhecida simplesmente por Bauhaus) foi fundada por Walter Gropius, e não há nenhuma dúvida do seu impacto mundial. O legado durável dos alcances da instituição que comemora 90 anos, em 2009, receberá celebrações de Tokyo a New York.

Neste ano de comemorações um bom ponto de partida, é recomendado o ensaio “o legado do modernismo” publicado recentemente na Spiegel. Também é bom dar uma passada pela Fundação Bauhaus Dessau e  nos arquivos da Bauhaus em Berlim.

 

bauha09bauha08bauha06bauha05bauha04bauha03bauha02bauha07

 

Categorias: Design

Adirson Allen

evangelista de tecnologia, designer de tendências e cool hunter