Sempre ligados na nossa segunda vida, era e é nossa opinião que o investimento de grandes corporações no Second Life tinha que ser mais inteligente e radical, acreditando realmente no mundo virtual como ferramenta de trabalho e que este passo deveria ter o apoio da Linden Lab.
E pra sorte de todos os avatares este passo foi dado nesta quarta pela IBM que será a primeira empresa a hospedar em seus servidores uma região privada do Second Life.
Ele marca o novo foco da Linden Lab, que vai oferecer softwares e serviços para empresas que querem usar o mundo virtual.

A IBM tem sido uma das empresas mais engajadas com o SL, e com esta iniciativa os funcionários da IBM poderão se mover livremente entre áreas públicas do SL e áreas privadas que são hospedadas atrás do firewall corporativo da IBM.
Isso irá permitir que a empresa possa discutir e divulgar informações prioritárias sem ter que passar os dados pelos servidores da Linden Lab.
Mais de 6 mil empregados da IBM possuem avatar, e a empresa assinou um acordo com a Linden Lab no ano passado para explorar a compatibilidade entre os diferentes mundos virtuais.

O Second Life tendo sido cada vez mais usado por corporações e outras organizações para reuniões, cursos e outros, mas a adoção tem sido contida por preocupações com a estabilidade e segurança da plataforma.
O projeto é estruturado de forma como um acordo de desenvolvimento em conjunto, e não haverá troca de dinheiro entre as partes, afirmou o vice-presidente de conversão digital da IBM, Colin Parris, em entrevista.

Categorias: Design

Adirson Allen

evangelista de tecnologia, designer de tendências e cool hunter