craw01

 

A biblioteca de Crawley,  não se restringe às páginas dos livros em suas prateleiras, quando o assunto é bons textos e conscientização eco.

Uma série de esculturas, que podem ser denominadas árvores tipográficas, foram criadas pelo artista Gordon Young e por uma equipe de colaboradores e pesquisadores do Design Studio Why Not Associates.

As árvores, 14 no total, estão situadas ao longo de todo o edifício da biblioteca, estão instaladas verticalmente, vão do chão ao teto, para assemelhar um apoio, como pilares estruturais.

Cada escultura, na verdade, é um verdadeiro tronco de carvalho que exibe esculpidos textos de literatura, os tipos de caracteres de cada passagem foram escolhidos cuidadosamente para atender a natureza do texto.

Cada passagen de texto foi selecionado e escolhido pelos utilizadores da biblioteca Crawley, graças à investigação feita por Anna Sandberg.

 

craw05craw03craw02craw04

Scroll Up